Groenlândia, 508 - Jardim América - São Paulo - SP - 01434-000

Tratamentos

Infertilidade Masculina

Muito se fala da infertilidade feminina, mas o público masculino também pode enfrentar o problema . Vou pontuar aqui pra vocês algumas causas importantes.
Vamos a elas:

PRODUÇÃO INSUFICIENTE DE ESPERMATOZÓIDES: a produção inadequada de espermatozoides está ligada a alterações hormonais, varicocele (dilatação das veias que drenam o sangue testicular), processos infecciosos ou inflamatórios.

AZOOSPERMIA: é a ausência de espermatozoides no sêmen, em decorrência de alguma obstrução dos canais (quando obstrutiva), algo que pode acontecer, por exemplo, por conta de infecções genitais, trauma, radiação, tumores, torções, criptorquidia e também varicocele. Em outros casos, pode ser por alterações onde não ocorre a produção do espermatozóide (não obstrutiva).

CRIPTORQUIDIA (testículos que não desceram na primeira infância): é um defeito que pode ocorrer com posicionamento incorreto do testículo, o que prejudica a produção de espermatozoides. O problema pode e deve ser tratado ainda na infância para evitar a infertilidade.

DIABETES: a doença pode, também, trazer problemas da fertilidade aos homens, já que a enfermidade pode causar alteração no sistema hormonal.

DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS (DST): clamídia e gonorreia, por exemplo, são as DSTs que mais comprometem a fertilidade masculina. As feridas afetam o aparelho reprodutor, causando prejuízo à passagem do sêmen e à mobilidade tubária.
 

Confira mais informações sobre a Infertilidade Masculina